quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Crônicas Do Mundo Emerso - Licia Troisi




01- A Garota da Terra do Vento


Com mais de 100 mil exemplares vendidos apenas na Itália, chega ao Brasil o bestseller A garota da Terra do Vento, primeiro volume da trilogia Crônicas do Mundo Emerso. A história da jovem guerreira Nihal – única sobrevivente da devastação imposta pelo Tirano à raça de semi-elfos – conquistou leitores da Itália, Alemanha, Portugal, Turquia e Espanha. Escrito pela jovem autora Lícia Troisi quando ela tinha apenas 23 anos, a trilogia segue os moldes dos grandes clássicos do gênero fantasia e promete encantar jovens e adultos com sua atmosfera de magia, mistério e heroísmo.
Criada por um armeiro e envolta pelo mistério de nunca ter conhecido sua mãe, Nihal vive na Terra do Vento e passa seus dias brincando de fazer guerra com um grupo de amigos. A vida da jovem muda quando a torre onde vive é invadida e ela presencia a morte de Livon, o homem que a criou e que tanto amou.
Disposta a vingar o extermínio de seu povo e a proteger os inocentes das tropas do tirano, Nihal decide tornar-se uma guerreira de verdade. Ela sabia que a invasão da Terra do Vento era mera questão de tempo, pois a guerra do Tirano já havia conquistado cinco das oito Terras Livres do Mundo Emerso. Para isso, a jovem se prepara estudando magia e treinando com afinco na Academia da Ordem dos Cavaleiros de Dragão da Terra do Sol.
Nihal conta com sua infalível espada de cristal negro, forjada por Livon, o melhor armeiro da região, e com o inestimável apoio do seu fiel amigo Senar, o mais jovem integrante do Conselho dos Magos. Em sua busca, ela encontra ainda o amor pelo cavaleiro Fen e os ensinamentos do mestre Ido.
A jovem Nihal enfrenta o preconceito dos homens e a dificuldade de lidar com sua feminilidade. A semi-elfo esforça-se ainda para encontrar uma razão para lutar que não seja somente a vingança. Ela chega a abandonar a guerra a fim de conhecer a vida em paz num povoado livre. Conhece a felicidade de viver sem rancor no coração, mas volta aos campos de batalha. Seu destino já estava escrito havia muito tempo.



02- A Missão De Senar


A Missão de Senar é o volume que dá continuidade às Crônicas do Mundo Emerso, da italiana Licia Troisi. Dessa vez, a trama concentra-se no jovem mago e conselheiro, cuja missão no Mundo Submerso pode definir os rumos da defesa das Terras Livres do Mundo Emerso contra o Tirano.
Senar parte sozinho e desacreditado em busca de quem possa orientá-lo ou ajudá-lo a chegar neste Mundo dado como perdido. De volta à Terra do Mar, sua terra natal, o mago encontra companhia e guia em um grupo de piratas. Após enfrentar a longa viagem e os perigos inesperados, Senar chega à Zalênia, nome que o povo do Mundo Submerso dá à sua terra. Quase condenado à morte pelo que é considerado uma invasão, o conselheiro consegue cumprir sua missão diplomática e convencer o rei Nereu a enviar suas tropas em ajuda ao povo das Terras Livres.
Enquanto Senar atinge seus objetivos em terra longínqua, Nihal é finalmente consagrada Cavaleiro de Dragão. Sua satisfação é, porém, transformada em força de luta, já que os soldados do Tirano avançam e a Terra do Vento, até então livre, sucumbe à superioridade militar daquelas tropas. A jovem, entretanto, derrota e aprisiona o poderoso cavaleiro Dola, braço direito do déspota, e essa conquista provoca uma triste descoberta: a verdadeira origem de seu querido mestre Ido, antes ele mesmo um cavaleiro a serviço do mal. As dificuldades das batalhas também começam a mostrar a Nihal o poder da Lágrima, presente que recebera do povo dos duendes.
A distância entre Senar e Nihal, em missões nobres e distintas, os faz compreender que o laço que os une é mais forte que amizade. Entretanto, nada declaram um ao outro no momento do reencontro. A urgência da guerra os consome e a semi-elfo acaba por encontrar Reis, a maga do povo dos gnomos e mestre da ex-conselheira Soana, que lhe revela, enfim, sua missão. Diante da verdade que tanto buscava, Nihal se vê confusa. Contudo, a iminente perda de mais uma Terra, a da Água, é o estopim para que a guerreira decida enfrentar seu destino.



03- O Talismã Do Poder


O terceiro e último volume da série Crônicas do Mundo Emerso, o Tirano está a um passo da conquista final. Um misterioso talismã é a única saída para evitar a derrocada das Terras Livres. Para utilizá-lo, Nihal e Senar precisam encontrar as oito pedras que compõem o objeto. Juntas, elas concentram energia suficiente para combater a maldade do Tirano. Mas será que os jovens conseguirão encontrá-las a tempo? Este é o desafio enfrentado por Nihal, a protagonista da série de fantasia criada pela jovem autora italiana Licia Troisi. Única sobrevivente de uma raça exterminada pelo Tirano, a jovem de olhos cor de violeta, cabelos azuis e grandes orelhas pontudas tornou-se uma guerreira de verdade e concentrou todas as forças que lhe restaram para enfrentar a batalha final.
As dificuldades são inúmeras, já que Nihal e o jovem Senar têm de passar por terras completamente dominadas pelo inimigo. E ainda há a frágil, porém corajosa, companhia de Laio, aspirante a cavaleiro frustrado que se tornou amigo e fiel escudeiro da jovem semi-elfo. Ao mesmo tempo, os povos sobreviventes enfrentam as conseqüências de uma longa e devastadora guerra e as poucas tropas que restaram do exército das Terras Livres se preparam para o momento derradeiro.
Nihal enfraquece à medida que o Talismã é preenchido, sugando sua energia. O tempo parece curto demais para que ela consiga superar todas as dores que enfrenta diariamente. Ao passar por sua terra natal, a Terra dos Dias, ela se vê diante de um passado que não conheceu senão através das vozes que continuam a atormentar sua mente. E as pedras têm de ser recolhidas em santuários perdidos guardados por deuses que desafiam a semi-elfa em tarefas que a exaurem mais e mais. No entanto, mesmo quase esgotada, a guerreira encontra no amor de Senar a razão para continuar a luta e guiar aqueles que buscam a liberdade e a paz.
Durante todo este volume, a jovem autora promove através da fantasia uma reflexão sobre princípios e caráter, fazendo do Talismã uma alegoria. Afinal, os deuses antigos do Mundo Emerso guardam e controlam a imperfeição, o ódio, a solidão, a memória, a culpa, o destino, a luta e o sacrifício dos homens. Elementos essenciais para que Nihal mantenha o equilíbrio de seu espírito e se prepare para o fim triunfal.
E com uma seqüência de ação emocionante no último capítulo, a autora ainda revela aos leitores a verdadeira identidade do Tirano. Neste épico arrebatador, a batalha final está nas mãos de uma semi-elfo que enfrentou o preconceito dos guerreiros e os percalços da luta para se tornar uma heroína.


Nenhum comentário:

Postar um comentário