quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Diabo das Highlands - Lynsay Sands



01 - Diabo das Highlands


Escócia medieval, 1273. Uma fuga quase segura… Embora ela devesse levar em conta os rumores, Evelinde de Aumesbery concorda em casar com um famoso lorde escocês para escapar da tutela de sua madrasta má.
Ela conheceu o lado simpático e gentil dele e sabe que estará segura com ele. Um marido de poucas palavras…
E uma esposa muito inquieta. Cullen, lorde de Donnachaidh, conhecia as falsas acusações que sussurravam às suas costas, mas não fazia nada para refutá-las.
Tudo o que sabia era que precisava se casar com uma mulher de acordo com o seu título para dar a ele o herdeiro que precisava.
Qualquer mulher serviria, desde que pudesse se adaptar à vida pacífica que levava. Cullen achou que encontraria essa mulher em Evelinde.
Mas ela não era a esposa tão perfeitamente adaptável que ele precisava… Era muito mais. Evelinde fugiu de uma madrasta malvada, mas deve enfrentar uma série de problemas…
UM MARIDO de poucas palavras, um touro furioso, e três crimes sem solução.






02 - Domando à Noiva


Estava pronta para deixar que seu coração caísse…
Merry Stewart estava farta! Farta de seu pai e irmãos cujo comportamento fariam ruborizar até a dama mais recatada. Farta de seu lar nas Highlands, que teria se arruinado a muito se não fosse por ela. Merry sonhava em escapar nos braços de seu prometido, Alexander d’Aumesbery… mesmo que nem sequer o conhecesse. Mas quando por fim se encontraram, Merry se sentiu desolada, pois ao que parece, ele não é muito melhor que o resto dos homens de sua família.
Tão linda, tão desavergonhada…
Desde o momento em que viu a Merry, Alexander decide fazê-la sua. Desesperado por convencê-la de que não se parece em nada aos descarados membros de seu clã, tenta demonstrar que é um cavalheiro de maneiras polidas, embora sob todo esse refinamento, bata um coração tão intenso e incontrolável como o de Merry. E, ao fim, quando a vida de Alexander se ver ameaçada, ela se dá conta de que ele é o marido que esteve esperando… e a paixão que compartilham se converte em algo impossível de domar.






03 - Domesticando o Highlander


Só um homem podia acender a chama em seu coração…
Lady Averill Mortagne aprendeu a controlar seu forte temperamento quando era uma menina, mas se seu pai insistir em fazê-la desfilar diante de outro lorde inglês que olhe com desaprovação seu cabelo ruivo, se esquecerá de tudo e começará a gritar. Seus únicos momentos de paz são os que passa com Kade Stewart, o escocês ferido que seu irmão levou para casa depois das Cruzadas.
Quem ia imaginar que um guerreiro escocês seria o único cavalheiro de verdade?
Lady Averill ajudou a salvar sua vida e, por isso, Kade está profundamente agradecido. Ela é, além disso, incrivelmente formosa, mas nunca poderia submeter uma dama tão doce e amável à árdua vida de esposa de um laird do clã Stewart… Ou não? Quando ela faz frente a um inesperado perigo a seu lado, Averill demonstra a Kade que seu coração é tão feroz como vivo é seu cabelo… E que sucumbir a tal paixão seria o próprio paraíso.


Um comentário:

  1. amei domesticando o highlander, adorei a moça, cheia de iniciativas, não é uma tonta

    ResponderExcluir