sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Fallon Mates - Jory Strong


00 - Primeiro Intercambio 


Laith d'Amato nunca pensou em formar um vínculo de enlace fora da sua raça, mas quando vê Cyan Dupre, a fêmea humana com quem os cientistas em Belizair o emparelharam, fica mais que disposto a
reivindicá-la. Deliciosa. Feminina. Viciante. Os sonhos de compartilhá-la com Rykken d'Vesti se transformam em uma visão segura para Laith. Só por meio da inclusão de Rykken no vínculo de enlace, há
esperança para Belizair. Um olhar para Cyan, e a febre de emparelhamento de sua raça apanha Rykken. Sem as asas dos Vesti e Amato, ela parece tão frágil que precisa de um homem forte para cuidar dela. Essa não é a forma de
vincular-se dos Vesti, mas em nome da amizade e do futuro de Belizair, Rykken lutará contra sua genética dominante e a educação de sua cultura. Ele se unirá a Laith na primeira união compartilhada com uma
mulher humana. Graça letal e beleza poética, para Cyan é impossível resistir a Laith e Rykken. São uma fantasia erótica e uma inspiração artística… mas amá-los vem com uma escolha, fazer o que é bom para o seu coração ou o
que é correto para sua arte.






01 - Vinculando Krista


Para Adan d’Amato e Lyan d’Vesti, só um vínculo de enlace compartilhado assegurará a continuação de suas raças. Os cientistas do Conselho encontraram para eles uma companheira em Krista Thomas, uma
humana geneticamente compatível. Segundo as regras do conselho Krista deve estar disposta, e a vinculação deve acontecer imediatamente antes de ser levada ao seu mundo, porque quando ela aceitar o
vínculo, saberá que Adan e Lyan não são nativos da Terra. Para os guerreiros, é uma tarefa simples, ir para Terra, vincular sua companheira a eles, e voltar para casa. Só há um problema, Krista está fugindo e tem medo de envolver mais alguém em sua vida.







02 - O Milagre de Zeraac


Na Terra, Ariel Ripa necessita um milagre para sua filha. Em Belizair, só um milagre proporcionará a Zeraac d’Amato e Komet d’Vesti uma companheira de vínculo compartilhada. Nem eles, nem Ariel esperam obter o maior desejo de seu coração. Mas quando Zeraac viaja a Terra, a pedido da companheira humana de seu irmão, resgata Ariel, e encontra a resposta a
suas próprias orações, e as de Komet, assim como eles são a resposta às dela. Segundo a lei do Conselho, Ariel deve concordar com uma cerimônia de vinculação por sua livre vontade, e só pode saber a verdade sobre eles, uma vez que estejam na câmara de transporte. Mas seguir as
regras significaria a morte da filha de Ariel. E ao romper a lei pode significar a anulação da vinculação e possibilidade do exílio para os dois homens. Para Zeraac e Komet, não há outra opção que arriscar sua honra e corações por Ariel e sua filha. Através do amor e esperança, nascidos nas profundezas da escuridão e desespero, os três encontrarão algo mais estranho que
pedras preciosas Ylan dos braceletes em seus pulsos, um milagre que mudará suas vidas.






03 - Atando a Savannah


Tanto pelo bem de Belizair, como o de seu próprio clã, Draigon d’Amato fará o que se requer dele. Escolherá um Co-companheiro Vesti, e aceitará à mulher humana que os cientistas do Conselho determinaram que é sua companheira. Mas apesar de estar resignado a seu destino, tão logo vá a Savannah Holden, o dever se transforma em desejo, e deseja reclamá-la imediatamente.
Por desgraça para ele, Savannah é uma mulher policial que tenta marcar uma diferença na Terra. E se essa não fosse suficiente provocação, ela já tomou um Vesti como amante. Não qualquer Vesti, e sim Kye d’Vesti, cujo clã tem a reputação de torcer, ou mas bem romper, as leis que Draigon se sente obrigado a defender.
Para Kye, compartilhar uma companheira de vínculo vai contra cada instinto de sua herança Vesti. Mas, com os criminosos decididos a impedir que Savannah se aproxime muito, manter a sua lutadora e independente companheira, segura, e afastada dos problemas, é um trabalho para dois homens.
Draigon e Kye descobrem que compartilhar as tarefas de guarda-costas tem certos… Benefícios, e seu “dever de dar prazer” é um que realizam com grande entusiasmo. Até que um deles toma seu “dever de proteger” muito literalmente, com um resultado devastador.






04- Presente de Zoë




Um olhar à mulher humana que é sua companheira e a febre de emparelhamento Vesti se acende em Miciah, fazendo impossível para ele negar o que deseja. Para poder ir à terra e reclamá-la, deve escolher um Co-companheiro Amato. Para ele, só há uma opção, o bissexual Iden. Isto significará romper os tabus culturais dos Vesti, mas por Zoë, ele e Iden se transformarão em amantes. Miciah tem a intenção de manter em segredo sua relação sexual com Iden quando tomam Zoë juntos. Iden tem outras ideias. O que nenhum deles pode saber é que estiveram presentes nos sonhos de Zoë durante uma semana, assim, quando eles se apresentam em sua realidade, ela dá boas-vindas a explorar suas fantasias… E as próprias. Miciah e Iden podem ter vindo à Terra para reclamar sua companheira, mas levá-la para casa com eles mudará Belizair para sempre.


Nenhum comentário:

Postar um comentário